sábado, novembro 27, 2010

Eu encontro, e você sabe disso

Você se diz um livro aberto,
Mas as páginas que mais diziam foram arrancadas.
Você se diz um ser esperto,
Mas percebi as folhas rasgadas.
Pode se esconder, pode correr.
Corra, vá e corra pras montanhas com essas páginas, corra.
Eu vou te perseguir até lá, tenha certeza!
E antes que você decida atear fogo nessas páginas eu te encontrarei.
Lerei em silencio, e ai sim permitirei que tu acendas o fósforo.

Nenhum comentário: