sexta-feira, outubro 22, 2010

Odisséia sobre um final obscuro

Vou correr para o primeiro penhasco, você vai me pagar!
Você me fez ouvir o que eu não queria então vou te fazer chorar!
Se eu errei por que não conversar?
Você me magoou e não concertou, nem ao menos tentou,
Foda-se, agora eu vou pular!
Foi tudo em vão,
Suas palavras foram falsas, seus abraços vagos e seus beijos amargos.
Por que agora chora?
Você mesma não quis consertar, você me mandou embora e agora cai em prantos ao ver minha expressão de dor dentro dessa caixa de madeira.
Se sente culpada? Está arrependida? Eu não era um idiota?
Se quiser conversar venha,
Eu te espero no calor ofuscante do inferno para nos resolvermos, se pulei daquele penhasco foi por você,
Fui fraco e não queria te perder.

Um comentário:

Gothyc... Is My Life disse...

Muito boas as suas palavras, seus pensamentos são lucidos para aqueles cujo intelecto é do mais alto nível, muito fera, continue a escrever...