sexta-feira, setembro 03, 2010

Esperando os destroços

Como um carro bomba pronto pra explodir!

Feito por revoltas

Transpirando ódio,

Gritando por libertação

Dominado pela insanidade

Sem alma nem coração

Sobrou somente um cérebro que gravou coisas horríveis,

Sobre um planeta que já morreu e de como o ser humano pode ser ruim.

Somente um cérebro que não permite seu dono viver em paz,

Somente um cérebro que não quer viver, não mais.

Nenhum comentário: